Você é Queijo Fã-Clube?

Publicado em 18/01/2019

0 comentários I comentar

Os queijos são alimentos milenares que apresentam diferentes formas, cores, texturas, origens e sabores. É por isso que não basta só gostar de queijo: tem que saber tudo sobre esta delícia!

 
Se você já sabe qual é o queijo mais popular do mundo, começou bem. Graças à culinária italiana, o mundo conheceu o sabor fresco, lácteo e agradavelmente ácido da Mussarela, muito presente em pizzas, recheios, massas, sanduíches, entre outras preparações.
 
Também de origem italiana, o Parmesão não fica muito atrás. Um dos queijos de maior consumo mundial e exportado para muitos países, o Parmesão faz parte das refeições há mais de oito séculos. 
 
Mas nem só de fama vivem os queijos! Os queijos como Gruyère, Gouda e Estepe, por exemplo, chamam atenção por onde passam. Expostos nos supermercados, seus furinhos fazem sucesso! Esses simpáticos furinhos, na verdade, chamam-se olhaduras, características que se formam no processo de fermentação com a produção de gás carbônico durante a maturação.  
 
Tipos como o Prato Esférico, Edam, Gouda e Reino possuem casca com cor. Isso tudo começou com o Edam, durante sua exportação: os mesmos navios que levavam vinhos franceses para a Holanda transportavam para a França os queijos holandeses. O alimento era colocado em barris de vinho vazios e o tanino impregnado na madeira desses barris tingia a casca dos queijos de rosa.
 
Engana-se quem pensa que só a história do queijo Edam apresenta situações inusitadas: o queijo Prato tem esse nome porque fiscais do Ministério da Agricultura associaram sua forma circular achatada a um prato. Com o passar do tempo, o uso desse alimento em sanduíches influenciou a mudança do seu formato de cilíndrico para retangular. 
 
Aliás, você sabia que o queijo Prato é brasileiro? E não é só ele: o queijo Coalho, queridinho do churrasco, e o queijo Minas Frescal, queridinho do café da manhã, também surgiram no Brasil.
 
Se você já sabe disso tudo, é sempre bom lembrar que os queijos brancos não necessariamente têm menos gordura do que os amarelos. A coloração desses alimentos é resultado da adição de um corante natural chamado urucum. O gorgonzola, por exemplo, é um queijo de massa branca que possui alto teor de gordura, portanto a coloração não deve ser considerada uma característica nutricional. 
 
Pronto! Agora você já pode se considerar um conhecedor de queijos e integrar o Queijo Fã-Clube Tirolez.
 

Comentários deste Artigo

Não existe nenhum comentário para esta receita.

Comente este Artigo

Você precisa estar logado para fazer um comentário.

Escola do queijo

Organização da Geladeira

Organização da Geladeira

Confira
Você é Queijo Fã-Clube?

Você é Queijo Fã-Clube?

Confira
Combinando queijos com diferentes tipos de massas.

Combinando queijos com diferentes tipos de massas.

Confira